Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

21ª CRE prevê o retorno de aulas presenciais a partir desta quinta-feira

19 municípios integram a área de abrangência da 21ª CRE, com sede em Três Passos

28 de abril de 2021
Sede da 21ª CRE (Foto: Arquivo)

A Rádio Alto Uruguai entrevistou na tarde desta quarta-feira (28), a coordenadora da 21ª CRE, Ledi Daiana Diesel, para trazer detalhes à comunidade escolar sobre o retorno das aulas presenciais na rede estadual de ensino.

De acordo com a coordenadora, ao longo dos últimos meses as escolas elaboraram planos de contingência, prevendo o retorno às atividades presenciais. Nesse plano, cada escola previu o seu teto de ocupação máximo para o retorno presencial com alunos. “Estávamos aguardando esse posicionamento de alteração de bandeira, para se colocar em prática”.

Na segunda-feira (26), as escolas abriram com suas equipes diretivas, supervisões, orientações, professores e funcionários, para fazer o planejamento do retorno presencial, que poderia se dar no decorrer dessa semana.

Para esta quinta-feira, 29 de abril, as escolas estão se organizando para o retorno do Ensino Fundamental 1, já que o retorno às aulas presenciais será feito de forma escalonada.

As etapas seguintes preveem o retorno do ensino fundamental 2, do ensino médio e, por fim, dos cursos técnicos e profissionalizantes.

A CRE está realizando um levantamento junto às escolas, para definir a data em que cada instituição retorna. “Se a escola está preparada para realizar o comunicado aos pais e receber os alunos, ela está autorizada. Eu acredito que as escolas da 21ª CRE irão começar a receber os alunos a partir de amanhã [quinta-feira], com o ensino fundamental 1 e 2, ensino médio e cursos profissionalizantes”.

Escolas que atendem somente ensino médio e cursos profissionalizantes, também estão autorizadas a retomar atividades presenciais nesta quinta-feira, conforme a sua organização.

A prioridade neste primeiro momento é atender prioritariamente os estudantes que estejam em maior vulnerabilidade social, tanto alimentar, quanto tecnológica para acessar as aulas remotas.

Acesso dos estudantes

Escolas que, por exemplo, tenham 30 alunos matriculados em uma sala de aula, metade deles assistirá aula presencialmente e a outra metade acompanhará as atividades de casa, com revezamento ao longo dos dias, para cumprir com o distanciamento mínimo previsto na regulamentação estadual, de 1,5m de espaçamento entre cada classe. “A orientação é que a aula seja gravada em tempo real e seja postada na plataforma”.

A entrada na escola terá de ser escalonada, para que possa ocorrer a efetiva higienização dos espaços. Um grupo do COE local das escolas estará organizado para aferir a temperatura dos estudantes, oferecerá máscaras, disponibilizar álcool em gel e acompanhar a entrada e saída dos estudantes.

O COE local das escolas terá uma sala específica, para atender qualquer estudante ou profissional, caso surja algum sintoma, dando o devido encaminhamento à rede de saúde.

Transporte escolar

De acordo com a coordenadora, não houve nenhuma negativa por parte dos 19 municípios da área de abrangência da 21ª CRE, para a realização do transporte escolar. “Caso ocorra alguma negativa, a orientação da Seduc é a contratação direta de uma empresa terceirizada, através da CRE, para suprir alguma necessidade”.

OUÇA A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA COM A COORDENADORA, LEDI DAIANA DIESEL:

 

 

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados