• Fones: (55) 3522-2440 - Três Passos / (55) 3525-1212 - Humaitá
Campo obrigatório!

15/02/2017 - Repasse da Administração Municipal pode chegar a R$ 1,7 milhão ao Hospital de Caridade de Três Passos

Além do convênio mensal, Administração tratou com direção da possibilidade de aporte financeiro no valor de R$ 500 mil para 2017

A Administração Municipal de Três Passos vem buscando de forma permanente auxiliar o Hospital de Caridade a equilibrar a difícil situação financeira pela qual a entidade vem enfrentando, tendo em vista o não repasse regular de recursos por parte do Governo do Estado. Tanto que para isso, desde o ano passado, instalou a Comissão Permanente para estudar com minúcia o convênio que mantém com a entidade, objetivando melhorar os valores pagos mensalmente para o hospital.

 

Diante disso, na manhã desta terça-feira (14), o prefeito Zé Carlos Amaral, o vice-prefeito, Dr. Jorginho, a secretária municipal de Saúde, Maria Adelaide Hertz, e a assessora, Leila Klein Bender, estiveram reunidos por mais de duas horas com a direção do Hospital de Caridade, representada pela vice-presidente, Lélia Müller, pelo conselheiro fiscal, Ari Frieling, e pela diretora administrativa, Elaine Dalpra Olcheski.

 

Na ocasião, a diretora administrativa relatou que tem a receber R$ 2,6 milhões do Governo do Estado, e conforme prometido em acordo com todos os demais hospitais, ela espera que valor seja quitado até o final de fevereiro.

 

Para pagar a dívida com os hospitais filantrópicos, o governo do Rio Grande do Sul realizou um financiamento bancário, conforme medida informada pelo secretário da Saúde, João Gabbardo dos Reis, durante reunião com representantes de 46 hospitais filantrópicos conveniados ao SUS.

 

A diretora administrativa relatou as dificuldades que a casa de saúde vem enfrentando, e enfatizou que a perspectiva é diminuir as despesas, por isso muitos cortes deverão ser feitos ainda.

 

O prefeito Zé Carlos disse que “a Administração Municipal quer ajudar o hospital a buscar o equilíbrio financeiro, e com esta finalidade foi instalada a Comissão Especial que há quatro meses vem trabalhando arduamente nesta tarefa”. Ele pontuou ser imprescindível a união do Executivo e do hospital. “O poder público sempre esteve de portas abertas, e de alguma forma, agindo para ajudar a entidade", enfatizando ainda, que este é o momento de trabalhar na busca da normalização do atendimento do Hospital de Caridade, sendo primordial para isso, a regularização do pagamento dos recursos por parte do Governo Estadual.

 

Paralelo a isso, a Administração Municipal e a direção do Hospital de Caridade renovaram o convênio mensal que será reajustado pelo INPC, somando cerca de R$ 1,2 milhão no ano.

 

Além do convênio mensal, a Administração tratou sobre a possibilidade de aporte financeiro no valor de R$ 500 mil, a ser repassado ainda no ano de 2017. O aporte se dará mediante regras específicas, sendo regulamentado através de Lei Municipal.

 

O prefeito Zé Carlos, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde e a direção do Hospital de Caridade, estão buscando alternativas de convênios com os municípios da região para buscar equilibrar as receitas da entidade.

 

*Fonte: Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Três Passos